sábado, 20 de março de 2010

Sobre noss lar

Achávamos que esse final de semana nossa inquilina iria se mudar e nós logo faríamos a nossa mudança também! Mas decidiram fazer no local para onde ela vai uma obra esse final de semana, ou seja, ela só vai poder ir para lá no próximo.
Eu fiquei tão triste, decepcionada, mas ao mesmo tempo aliviada que essa situação já está certa. Ela já assinou o novo contrato e hoje mesmo eu levei para reconhecer a firma.
Fiquei triste porque segunda é o aniversário de Pedro e o único presente que eu gostaria mesmo de dar a ele era a chave da nossa casa.

Não vejo a hora de ir para o nosso cantinho e começar a arrumar as coisas, e lavar as roupinhas de Henrique e deixar tudo prontinho.

Estou super ansiosa!

Mami B.

Carta para Henrique

Filho, voce acabou de me acordar para eu comer. O meu estomago estava vazio, provavelmente o seu tambem! Voce nao iria parar de me chutar ate que eu acordasse e decisse nos alimentar! Tomei uma xícara de leite integral, espero que isso te acalme pelo menos durante o restinho da madrugada.

Desde já eu faço tudo que voce quer, e acho o máximo voce se comunicat comigo desse jeito.

Beijos,
Mami Betina

quarta-feira, 17 de março de 2010

Happy!!!

Hoje, com toda certeza, é um dia pra ficar na memória. Mesmo pensando que isso é uma precipitação, hoje foi o dia que tivemos certeza de que o nosso apartamento, o nosso lar, a nossa casinha, vai ser liberada talvez nesse final de semana.
A barriga enorme impede que eu pule de alegria, mas eu to fazendo isso internamente. O sorriso se instalou no meu rosto e hoje a noite tudo estava lindo!
Eu espero que as coisas saiam tão bem quanto elas parecem estar se encaminhando.
Felicidade é meu nome! E hoje eu já durmo mais tranquila.

Mami Betina

Confissão

O nosso filho foi gerado com muito amor. Ele é fruto de nao apenas um, mas de vários momentos maravilhosos que foram vividos por nós, dos quais não nos arrependemos em nenhuma hipótese. Todas as juras de amor ditas baixinho, todos os sonhos compartilhados que se tornaram um sonho de dois, toda a cumplicidade e a sinceridade... Nao tenho outra coisa para dizer fora que o amor nasceu em mim e que o meu desejo é que ele se eternize.

Mami B.

terça-feira, 16 de março de 2010

Agonia

Desde a semana passada tem algo que nao me sai da cabeça por nada: o medo que Henrique nasça antes da data prevista. Ele ultimamente está tão inquieto que eu fico apavorada. E tem uma posição que agora ele cismou de ficar que me deixa muito desconfortável: em cima do meu umbigo do lado direito. Se eu nao me engano, desde ontem que eu venho sentindo uma dor nesse mesmo local. Nao sei se é pela posição que ele está ou se é algo mais sério. E na sexta eu tive um sangramento pela manhã logo cedo. Mas quando fui falar com Pedro ele me mandou voltar a dormir que estava tudo bem. Eu nao sei como eu consegui a tranquilidade, mas foi exatamente isso que eu fiz: voltei a dormir.
Hoje fui ao médico e ele brigou comigo por eu nao ter ligado pra ele na sexta, e me passou uma ultra. Como sempre, fico super ansiosa imaginando como que ele deve estar.
Agora de noite a dor ainda nao tinha passado, mas vou ao fazer a ultra só amanhã à tarde, porque Pedro está muito cansado, e ridiculamente insinuando que é birra só pra não ver a aula de Bancária.

P.S.: Filhinho, muda de posição,por favor. Mamãe ta sofrendo tanto com voce aqui em cima.


Mami Betina

quinta-feira, 11 de março de 2010

Desconforto

Todo dia para dormir agora está sendo muito difícil. Eu nao posso mais ficar deita normal, apenas com um travesseiro porque eu me sinto sufocada e nao consigo respirar.
Acho que Henrique já está grande demais!
Hoje mesmo na aula à noite eu tive dificuldade até pra ficar sentada. A cadeira é acolchoada mas mesmo assim sinto um desconforto. Porque com a barriga grande é ruim para ficar meio curvada e escrever; ou ate mesmo para ficar numa posição na cadeira que me agrade. Por exemplo: eu adoro sentar ou com as duas pernas dobradas uma por cima da outra ou com apenas uma perna dobrada e meio levantada. A segunda opção hoje foi impraticável! Toda vez que eu levantava a perna esquerda Henrique corria pro meu lado direito da barriga e ficava todo encolhido lá, me sufocando, e caso eu levantasse a outra perna era a mesma coisa. E prestar atenção à aula foi uma guerra! Mas com um pouco de calma e revezando as pernas (nenhuma outra posição estava me agradando hoje) eu consegui ir até o final!

É, filhão... Voce já me dá trabalho! Mas eu adoro te sentir inquieto assim, é como se fosse uma certeza de que voce está aqui dentro mesmo. É tão gostoso.

Mamãe te ama.

Mami Betina

terça-feira, 9 de março de 2010

Mi cumple

Ontem foi meu aniversário e fomos a um rodizio de pizza no domingo para comemorar. A maior parte dos meu amigos mais queridos estavam lá e eu fiquei super feliz!
- Rodrigo,Erick,Mateus,Amanda Bloise,Guima,Tamara,Renatinha,Emo,Carol,Dante,Jimmy,Gugui,Mario, e Barbara. -
Foi uma noite bem agitada porque antes eu e Pedro fomos almoçar com os pais dele e depois fomos ao cinema. E quase que nao chegavamos na hora da reserva da mesa.
Eu comi bastante e chegou uma hora que eu fiquei quase passando mal. Isso nunca tinha acontecido. Acho que Henrique está ocupando muito espaço aqui dentro! :B
Já ontem eu reservei o dia pra curtir com Pedro fazendo qualquer coisa. Primeiro fomos almoçar na minha casa,e depois fomos ao shopping. Ele deu meus presentes e eu adorei todos! Principalmente porque um ele deu em nome de Henrique. E colocou assim no cartaozinho:
De: Henrique
Para: Mamãe
Depois preciso colocar uma foto aqui. Uma coisa fofa! Quase choro.

Fomos ao cinema e depois fomos jantar.
Tia Mila ligou pra mim e colocou Vini pra falar:
"Parabens,meu bobô (amor)"
"Te amo"
"To com saudade"
"Um beijo"
"Te amo,Beta"
"Parabens,parabens,parabens..." (e ele nao queria mais parar de falar!)

Chorei.

Enfim... Adorei os meus dois dias de comemoração! Agora é so pensar no que fazer pra Pedro!

Mami B.

Neném danado!

Semana passada no dia 04 fomos fazer uma ultrassom. Eu nao aguentava mais de ansiedade para ver o rostinho do meu neném. Mas, e quem disse que ele quis me mostrar? Segundo a médica, ele estava numa posição como se estivesse olhando pra frente, e estava deitado com a cabeça para o lado direito/embaixo. Ou seja, tudo que consegui ver foi um buraquinho preto que ela disse ser o olho dele e uma parte estranha nao identificável que ela garantiu ser a ponta do nariz. Como ele estava se mexendo muito ficava dificil ver direitinho, e eu fiquei tao decepcionada. Esperei quase um mes pra fazer esse exame e nao vi nada! E dessa vez nao foi por falta de tentativa, a médica era ótima e foi super paciente comigo.
De toda forma, eu pude ver o cordão umbilical e ela colocou de uma forma que foi possivel ver o fluxo sanguineo. Eu quase choro de emoção. Ainda nao acredito que o meu bebê está aqui dentro de mim e eu estou cuidando dele. Parece magia.
Acho que nao tem nada parecido para eu comparar com o que sinto pelo meu filho. É um sentimento único que se eu falar ninguem vai conseguir idealizar. Amor de mae para filho existe sim e nao tem explicação.

Mami B.

terça-feira, 2 de março de 2010

20.02.10

Carta para Henrique

Neném, voce está me chutando tanto hoje! Nao sei se é fome, ou vontade de se comunicar, mas voce nao para! Agora a pouco mesmo enquanto papai e eu assistíamos um filme voce estava brincando que era uma beleza! Sabe o mais engraçado? É que voce nao gosta de nada te incomodando! Se fico com o braço em cima voce me chuta pedindo pra tirar!

Te amamos cada dia mais.

Beijos do papai e da mamae

20.02.10

So far away

Tenho andado muito triste ultimamente. Estou assim porque as coisas nao parecem estar se encaixando na minha vida. Às vezes penso que vai tudo melhorar e que as coisas vão bem, mas basta uma briga feia com Pedro que a tristeza me invade e eu sou toda solidão. Ultimamente estamos meio distantes. E isso tudo se deve ao fato de que a gente ainda nao se acertou em relação a nossa casa e a nossa vida. Ele ontem me disse uma coisa que eu lamento bastante..que é que a gente não vai ter a oportunidade de morar juntos antes de Henrique nascer e que o nosso apartamento é imaginário, ou melhor, não pertence a gente, é de outra pessoa; e que meu pai apesar de se importar bastante com a nossa situação, nao tomou ainda nenhuma atitude para que a gente fique com o apartamento.
Eu nao sei o que pensar, nao sei o que dizer, nao sei tambem se quero pensar sobre isso. Eu so queria que tudo terminasse bem.