quinta-feira, 28 de abril de 2011

Primeiros passinhos

No dia 21 de Abril de 2011 (nao sei porque estou escrevendo o ano), Henrique ficou em pé sozinho pela primeira vez! Lá na Chácara Arara Azul. Foi tão lindo! mas eu dei um grito pra chamar Pedro e ele caiu. hehehe

Ontem, dia 27 de Abril de 2011, ele deu os primeiros passinhos, na casa da Vovó Anita e do Vovô Antonio. Foi lindo!!!


Estou atolada de coisas da faculdade e do aniversario de Henrique. Queria escrever melhor, mais na verdade, mas estou tão abusada.

Desculpa, filhote. Te amo.

Mami B.

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Feliz Páscoa!!!!

Um beijo em todos!

Roberta, Pedro e Henrique!

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Festa de aniversário




Eu nunca pensei que desse tanto trabalho organizar uma festa. Agora me vem à cabeça certa vez que eu e Pedro ficamos pensando como seria o curso superior de Produção de Eventos que abriu na Unicap. Dá muito mais trabalho do que eu pensava! Mas, o negócio pega quando você começa a querer fazer as coisas do SEU jeito. Eu vou explicar...

As casas de festa criaram um cartel. As pessoas que alugam o espaço ou fecham o pacote completo (buffet, espaço, decoração, etc) ou saem em total desvantagem. Tudo bem que tem que ter o lucro, mas tudo tem seu limite. Não vou mentir que sonhava em fazer a festa do meu filho numa casa de festas, com tudo do bom e do melhor, sem preocupações = pessoas contratadas para servir, olhar as crianças, fazer a recepção do evento e toda essa parte "chatinha" do evento.

No entanto, eu sou meio paradoxa. Porque ao mesmo tempo que queria tudo isso, é óbvio que queria uma festa à minha maneira. Acho que é normal,né. Vida de mãe já é tão cheia de responsabilidades e obrigações que tentamos sempre facilitar as coisas, mas não tem jeito.

Pois bem, decidi fazer a festa na casa da vovó Walkíria mesmo, e estou quase chegando à conclusão de que vou gastar o que gastaria em uma casa de festas. Mas, estou suando pra fazer tudo do jeitinho que sempre sonhei! Eu só espero muito que meu filhote cresça e adore a festinha que fiz com tanto amor e carinho.

Escrever isso me faz pensar no futuro... Eu ainda não consigo imaginar Henrique com 3 anos, viradinho, correndo pelo colégio. Acho que ainda estou muito ligada ao pensamento de que ele é o meu bebezinho. O que nunca vai deixar de ser,né!

Nao vou mentir: estou boba e tão feliz de ter um filho tão lindo. Desde ontem que eu queria postar uma coisa:

Filho, você é a melhor coisa que já aconteceu na minha vida. Te amo muito!!



Mami B.